O Festival

O Festival de Teatro de Sumaré nasceu em 2003, advindo do pleito dos artistas da cidade e se tornou um evento consagrado, de suma importância, dentro do calendário cultural da Região Metropolitano de Campinas, RMC. Este evento sempre colaborou para o fomento das artes cênicas da região e da cidade, propiciando uma diversidade cultural enorme, uma vez que traz vários grupos do território nacional, oportunizando trocas de experiências, intercâmbio cultural e diversas ações de cidadania e da cultura da paz.
Após 11 anos de existência, avalia-se que este festival muito contribuiu para o fomento das Artes Cênicas e a formação de platéia no município, além do intercâmbio cultural entre artistas, público e demais profissionais envolvidos nesta área. Os benefícios que este Festival traz para a população de Sumaré são muitos, pois além da geração de renda com o movimento turístico também irá fomentar e democratizar o acesso à prática teatral.
Participação: 25 grupos incluindo convidados e competidores, com projeção de 150 artistas presentes no Evento. Apresentações: 28 espetáculos com projeção de público para 10 mil pessoas.
LOCAIS DE REALIZÇÃO As apresentações das cenas da mostra competitiva, espetáculo de abertura e encerramento serão no Anfiteatro de Nova Veneza. As apresentações de Teatro de Rua (espetáculos convidados) contemplarão as quatro regiões do município: Centro, Área Cura, Matão e Maria Antônia.

Assista nosso Vídeo Tema!



Inscreva-se

Inscrições abertas de 6 a 17 de Novembro

Workshop: Improvisação teatral

Ministrante: Lya Bueno

Envie para o e-mail lyabueno@ciasaogenesio.com.br

Mais informações

Baixar




Programação

Conheça a programação detalhada do Festival

19 de novembro

SAIBA MAIS

20 de novembro

SAIBA MAIS

21 de novembro

SAIBA MAIS

22 de novembro

SAIBA MAIS

Áudio


Conheça algumas produções de áudio do Radioativo

Vídeos 2014

Honesta Cia de Teatro - As Presepadas de Damião

11° Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: As Presepadas de Damião
Grupo: Honesta Cia de Teatro
Região do Picerno
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Cia Trova 8 - Metápolis

11° Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Metápolis
Grupo: Cia Trova 8
Teatro de Rua
Filmado e Editado por Radioativo Estúdio.

Maracatu Estação Quilombo

11° Curta Cenas Sumaré
Maracatu Estação Quilombo
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e Editado por Radioativo Estúdio

Abertura e Vídeo Tema

11° Curta Cenas Sumaré
Abertura e Vídeo Tema
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Boa Companhia - Primus

11º Curta Cenas Sumaré Abertura e Vídeo Tema
Espetáculo: Primus Abertura e Vídeo Tema
Grupo: Boa Companhia Abertura e Vídeo Tema
Anfiteatro de Nova Veneza Abertura e Vídeo Tema
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Robinson Jose da Silva

11° Curta Cenas -Sumaré
Artista Convidado: Robinson Jose da Silva
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Cia Teatral Maktub - Coração Brejeiro

11° Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Coração Brejeiro
Grupo: Cia Teatral Maktub
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

. Grupo Tarto - A Infanticida Marrie Farrar

11° Curta Cenas Sumaré Espetáculo: A Infanticida Marrie Farrar
Grupo: Grupo Tarto
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado no Radioativo Estúdio.

Cia Teatral Um Peixe - O Roubo Tradicional

11° Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: O Roubo Tradicional
Grupo: Cia Teatral Um Peixe
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Teatro Delivery - Um Metro de Terra

11° Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Um metro de terra
Grupo: Teatro Delivery
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Multifoco Companhia de Teatro - Saudades Branca

11° Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Saudades Branca
Grupo: Multifoco Companhia de Teatro
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Coletivo Nós - Atritos do Corpo Nostálgico

11° Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Atritos do Corpo Nostálgico
Grupo: Coletivo Nós
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Grupo Coreto Hip Hop + Grafitagem

11º Curta Cenas Sumaré
Grupo Coreto Hip Hop + Grafitagem
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Espuma Bruma - Equilibrando Sonhos

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo:Equilibrando Sonhos
Grupo: Espuma Bruma
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Primitivus - Meu nome é Ernesto

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo:Meu nome é Ernesto
Grupo:Primitivus
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Cia Sino - Benedita

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo:Benedita
Grupo: Cia Sino
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Grupo de Estudos do Corpo do Ator - Afila Bustaquini

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Afila Bustaquini
Grupo: Grupo de Estudos do Corpo do Ator
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Creche na Coxia - Maparipiaspas

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Maparipiaspas
Grupo: Creche na Coxia
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Linha de Frente - Ilegítima Defesa

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Ilegítima Defesa
Grupo: Linha de Frente
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Coreto Hip Hop + A Fantástica Maddame

11º Curta Cenas Sumaré
Grupo Coreto Hip Hop, A Fantástica Maddame
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Faces Ocultas - Gota D'Àgua

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Gota D'Àgua
Grupo: Cia de Teatro Faces Ocultas
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Berimbau de Ouro

11º Curta Cenas Sumaré
Berimbau de Ouro
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Coletivo Lá Vai Maria - Com Certeza

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Com Certeza
Grupo: Coletivo Lá Vai Maria
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

O Povo, o Rei e o Bufão do Rei

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: O Povo, o Rei e Bufão do Rei
Grupo: Multifoco Companhia de Teatro
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Filhos da Imundície - Véu da Abadessa

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Véu da Abadessa
Grupo: Filhos da Imundície
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Cia D´Vergente de Teatro - Muda por Amor

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Muda por Amor
Grupo: Cia D´Vergente de Teatro
Filmado e editadp por Radioativo Estúdio

Grupo Café - Frenesi

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Frenesi
Grupo: Grupo Café
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Artesãos dos Sonhos - Píramo e Tisbe

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Píramo e Tísbe
Grupo: Artesãos dos Sonhos
Fimado e editado por Radioativo Estúdio

Banda Encanteria

11° Curta Cenas de Sumaré
Banda Encanteria
Anfiteatro de Nova Veneza
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

4 Manos - Acorda amor

11º Curta Cenas Sumaré
Espetáculo: Acorda Amor
Grupo: 4 Manos
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Premiação

11º Curta Cenas Sumaré

Filmado e editado por Radioativo Estúdio

11º Curta Cenas - Corpo Sutil

11º Curta Cenas Sumaré
Performance Art: Corpo Sutil
Grupo: Diego Trevisan e Mônica Cristina Bernardes

11º Curta Cenas - Rodrigo Rodrigues

11º Curta Cenas Sumaré
Rodrigo Rodrigues
Filmado e editado por Radioativo Estúdio

Programação

Espetáculo de Rua - 15h

ESPETÁCULO – EXÉRCITO CONTRA NADA
Local: Praça Balão do Bom Retiro.

SINOPSE
Quando um palhaço está em apuros ao se preparar para o maior espetáculo da sua vida, o espetáculo torna-se outro. O jogo e os imprevistos são partes essenciais dessa nova aventura, onde o impossível se fará possível e o possível se fará ver. Risos e sorrisos são suas táticas de guerrilha!
O Exército Contra Nada passa despercebido pelas autoridades inimigas. Tem livre acesso à todos os territórios e dessa maneira pode disparar seus gatilhos de gargalhadas e fortes emoções ao público. Um lugar onde tudo pode se tornar realidade. O palhaço transforma! Transforma o problema em diversão. Junta o poder de encontrar ânimo nas adversidades com a capacidade de reagir à elas e viver com prazer. Dessa forma, com quase nada, somos capazes de celebrar nossas diferenças e fazer com que cada encontro seja único e imprevisível.

Performance Artística - 19h

FAÇO, (DES) FAÇO E (RE) FAÇO
Ator: Órion Lalli

SINOPSE
Nessa Residência Performativa o performer busca o ato de “Estar”, que vai de encontro com sua pesquisa científica “(Per)Formar-se” na FCAD - Faculdade de Comunicação Artes e Design e CEUNSP. Um meio de operar com as impossibilidades - Na construção do “erro”. Para que em cima do “erro” o desfaça e prossiga em constante metamorfose. Um processo intenso de cri(ação) colocando-se em investigação: hibridismo de um corpo performático, um corpo (só)cial, no tempo, nos objetos, nos espaços, buscando estar mais perto de uma busca outra: Transformação - Individual/Coletiva. Uma doação do corpo performático, criando uma esfera de troca com o observador. Corpos conectados, criando um circuito artístico de diversas tentativas performativas e investigando a percepção do indivíduo externo a “Residência” para o que é Arte hoje. Elementos “estéticos” que se reúnem na Residência Performativa - FAÇO, (DES) FAÇO E (RE) FAÇO.

Performance Artística

“Viva Cores”

Exposição de obras em óleo sobre tela (itinerante, cada dia será trocadas as telas apresentadas).
Artista plástico: José Claudio Dias

Performance Artística - 19h



Banda Invasão Rasta
(Em Homenagem e Comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra)
Integrantes: Tiago (baixo), Igor (bateria), Bruno (guitarra Solo), Leandro (Teclado) Fábio (Vocal e Guitarra base). Grupo de Reggae.

Cena Convidada - 20h


O Encontro
Ator: Gustavo Bertin
SINOPSE
O palhaço Mequetrefe busca seu amor perfeito.
Prepara um cenário aconchegante para o o encontro dos seus sonhos.
Será que dessa vez ele joga o buquê?

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20



TIC TAC
Nome Grupo – 6º ATO
Cidade – Rio de Janeiro
SINOPSE:
Um médico decreta que Junior terá apenas 15 dias de vida. Diante disso ele e seu alter ego buscam uma solução para o tempo que está prestes a se esgotar. Porém, depois de uma conversa com Deus e da confiança em sua fé. Um inesperado TIc Tac se transforma na chegada do improvável 16º dia.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Entra no meu sonho
Nome Grupo – Coletivo Nós, Palhaços!
Cidade – São Paulo
SINOPSE: Na sala do velho Agapito, coisas estranhas começam a acontecer. Ele, na tentativa de arrumar tudo e manter a organização da própria vida, vai desenrolando memórias de seus tempos de circo e entrando em um outro mundo possível, um mundo de sonho e mistério guiado pela travessa e curiosa Amora. É possível mudar os acontecimentos de nossas vidas?

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

E_Terno
Nome Grupo – Mambembe Suburbano
Cidade – Nilópolis – Rio de Janeiro
SINOPSE:
“E_Terno” conta a história de um Charlatão artista de rua que chega para se apresentar, que por acidente se depara com um terno a venda que o seduz de uma forma misteriosa e desse encontro inusitado se da um fim dramático

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Claro
Nome Grupo – vira lata
Cidade –Belo Horizonte
SINOPSE
A história acontece a partir do encontro entre um casal. Os dois tentam uma aproximação, porém as gafes cometidas por ambos faz com que a aproximação não ocorra de imediata. À medida que fracassam na tentativa, um sinal sonoro é ativado por um dos personagens, dando a oportunidade de voltarem no tempo, corrigirem as gafes, e seguirem rumo á uma relação mais intima.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Adondedormem
Nome Grupo – Cia O Que Será de Nós?!
Cidade – São José do Rio Preto
Dois palhaços sem morada, em busca de um bom lugar para dormir. O difícil não é encontrar este lugar, o difícil é conseguirem dormir. Cada etapa é um desafio e uma diversão para este casal.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Maria Madalena
Nome Grupo – Cia teatro vivo
Cidade – Rio de Janeiro
SINOPSE:
Quatro mulheres. Quatro Marias que se transformam em milhões de Marias ao longo da peça. A história de Maria Madalena aparece em fragmentos e se contrapõe com cenas da atualidade. As quatro Marias, passam por todos os problemas que a personagem bíblica passou como: Preconceito, autoritarismo, humilhação. Um espetáculo fragmentado que tem como princípio ético provocar e levar o público à reflexão.
Proposta de encenação e concepção do espetáculo Elementos cênicos usados: Um Balde, uma cadeira, Pétalas de rosa (artificial).
O espetáculo “Maria Madalena” surge à partir de um exercício onde nosso ponto de partida foi a crueldade do pensador, teatrólogo e poeta francês Antonin Artaud.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Tereza Peneira
Nome Grupo – Luísa Pinti
Cidade – Uberaba- MG
SINOPSE:
Rasga o vento, abre passagem em meio à mata fechada. Mulher-bicho, na mão uma peneira. Por isso, quem não é da floresta a conhece por: Tereza Peneira. Filha curiosa da terra e do instante. Não entende isso que os homens chamam de memória ou rancor. Vive no momento em que existe. Não entende isso: recordar. Tudo que precisa, ela encontra e tira da mata. Tereza peneira tudo o que pode, inclusive o que não consegue ver com os olhos: a peneirada mais difícil.

Programação

Cortejo de Artistas - 15h


O festival Curta Cenas 2015 abre sua programação com um cortejo formado por cerca de 40 artistas personalizados que animados por um carro de som, levará o pública até o local do primeiro espetáculo de rua.
Local: Rua Sete de Setembro, Centro - Sumaré

Espetáculo de Rua - 16h

ESPETÁCULO – EXÉRCITO CONTRA NADA
Local: Centro - Praça Manoel de Vasconcelos.

SINOPSE
Quando um palhaço está em apuros ao se preparar para o maior espetáculo da sua vida, o espetáculo torna-se outro. O jogo e os imprevistos são partes essenciais dessa nova aventura, onde o impossível se fará possível e o possível se fará ver. Risos e sorrisos são suas táticas de guerrilha!
O Exército Contra Nada passa despercebido pelas autoridades inimigas. Tem livre acesso à todos os territórios e dessa maneira pode disparar seus gatilhos de gargalhadas e fortes emoções ao público. Um lugar onde tudo pode se tornar realidade. O palhaço transforma! Transforma o problema em diversão. Junta o poder de encontrar ânimo nas adversidades com a capacidade de reagir à elas e viver com prazer. Dessa forma, com quase nada, somos capazes de celebrar nossas diferenças e fazer com que cada encontro seja único e imprevisível.

Performance Artística - 19h

FAÇO, (DES) FAÇO E (RE) FAÇO

Ator: Órion Lalli
SINOPSE
Nessa Residência Performativa o performer busca o ato de “Estar”, que vai de encontro com sua pesquisa científica “(Per)Formar-se” na FCAD - Faculdade de Comunicação Artes e Design e CEUNSP. Um meio de operar com as impossibilidades - Na construção do “erro”. Para que em cima do “erro” o desfaça e prossiga em constante metamorfose. Um processo intenso de cri(ação) colocando-se em investigação: hibridismo de um corpo performático, um corpo (só)cial, no tempo, nos objetos, nos espaços, buscando estar mais perto de uma busca outra: Transformação - Individual/Coletiva. Uma doação do corpo performático, criando uma esfera de troca com o observador. Corpos conectados, criando um circuito artístico de diversas tentativas performativas e investigando a percepção do indivíduo externo a “Residência” para o que é Arte hoje. Elementos “estéticos” que se reúnem na Residência Performativa - FAÇO, (DES) FAÇO E (RE) FAÇO.

Performance Artística - 19h

Coreto Hip Hop

A intervenção conta com bboys e grafiteiros.
Durante as apresentações de dança, grafiteiros farão pinturas ao vivo em plástico filme, envolvendo as Palmeiras Imperiais de entrada.
Integrantes: Shibata Focker, Francine, Juliano Ribeiro, Leon Focker e Artistas convidados.

Performance Artística

“Viva Cores”

Exposição de obras em óleo sobre tela (itinerante, cada dia será trocadas as telas apresentadas).
Artista plástico: José Claudio Dias

Espetáculo - Sabiás do Sertão - 20h

Espetáculo - Sabiás do Sertão
Grupo – Cia Cênica De São José do Rio Preto
Duração: 70 minutos
Gênero: Teatro musical brasileiro
Indicação: Livre
Tema: vida e obra de dupla musical da cultura paulista

SINOPSE
O espetáculo trata dos expoentes maiores da música caipira, Cascatinha & Inhana, primeira dupla sertaneja formada por marido e mulher que, em sua trajetória, reverencia com primazia a cultura de raiz, o ser, estar e viver artista, o prazer da canção e do encantamento. O circo e o rádio, presentes na trajetória da dupla, são trazidos à cena por uma companhia ambulante de teatro, com artistas rapsodos que contam, vivem, tocam, dançam e cantam um pouco da vida e muito do rico repertório de toadas, guarânias, rasqueados, boleros, rancheiras e canções imortalizadas nas vozes destes “sabiás do sertão”.

Programação

Espetáculo de Rua - 15h

ESPETÁCULO – EXÉRCITO CONTRA NADA
Local: Praça do Cristo Redentor
Rua Plínio Giometti com Rua Dezenove

SINOPSE
Quando um palhaço está em apuros ao se preparar para o maior espetáculo da sua vida, o espetáculo torna-se outro. O jogo e os imprevistos são partes essenciais dessa nova aventura, onde o impossível se fará possível e o possível se fará ver. Risos e sorrisos são suas táticas de guerrilha!
O Exército Contra Nada passa despercebido pelas autoridades inimigas. Tem livre acesso à todos os territórios e dessa maneira pode disparar seus gatilhos de gargalhadas e fortes emoções ao público. Um lugar onde tudo pode se tornar realidade. O palhaço transforma! Transforma o problema em diversão. Junta o poder de encontrar ânimo nas adversidades com a capacidade de reagir à elas e viver com prazer. Dessa forma, com quase nada, somos capazes de celebrar nossas diferenças e fazer com que cada encontro seja único e imprevisível.

Sábado Cultural - 16h às 20h

Evento onde as expressões - dança, artes visuais, música e teatro serão desenvolvidas pelos artistas da cidade.

Performance Artística - 19h

FAÇO, (DES) FAÇO E (RE) FAÇO

Ator: Órion Lalli
SINOPSE
Nessa Residência Performativa o performer busca o ato de “Estar”, que vai de encontro com sua pesquisa científica “(Per)Formar-se” na FCAD - Faculdade de Comunicação Artes e Design e CEUNSP. Um meio de operar com as impossibilidades - Na construção do “erro”. Para que em cima do “erro” o desfaça e prossiga em constante metamorfose. Um processo intenso de cri(ação) colocando-se em investigação: hibridismo de um corpo performático, um corpo (só)cial, no tempo, nos objetos, nos espaços, buscando estar mais perto de uma busca outra: Transformação - Individual/Coletiva. Uma doação do corpo performático, criando uma esfera de troca com o observador. Corpos conectados, criando um circuito artístico de diversas tentativas performativas e investigando a percepção do indivíduo externo a “Residência” para o que é Arte hoje. Elementos “estéticos” que se reúnem na Residência Performativa - FAÇO, (DES) FAÇO E (RE) FAÇO.

Performance Artística - 19h

“Viva Cores”

Exposição de obras em óleo sobre tela (itinerante, cada dia será trocadas as telas apresentadas).
Artista plástico: José Claudio Dias

Cena Convidada - 20h


Meu nome é Aparecida
Atriz: Cah Lopez
SINOPSE
Quando tudo o que lhe resta é um sonho quando a vontade de viver é mais forte q os problemas q enfrentamos ... Assim é Aparecida, retirante humilde q decide q sonhar ainda é possível !!!

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20


Dom Pedro I “Uma História de Amores”
Nome Grupo – Cia Teatral Cenarte Produções Artísticas
Cidade – Campinas SP
SINOPSE:
Dom Pedro I “Uma história de amores”, é uma romanesca visão da ascensão e queda do infante Dom Pedro I de Portugal, que levou o Brasil à independência. A obra busca reconstruir um sinuoso drama palaciano, reconstituindo por meio de uma série de quadros cronológicos os momentos marcantes da trajetória de Dom Pedro I, um homem cheio de contradições, que a história arrastou para o centro dos acontecimentos do processo de independência e consolidação do Brasil, enquanto nação independente e soberana. O retrato amargo de um homem dominado pelas mais sinuosas conspirações e maquinações, vítima do se arrogante e intransigente caráter, que o levou a abdicar de dois tronos.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Um dedinho de amor
Nome Grupo – Dois em cena
Cidade – Rio de Janeiro
SINOPSE:
Ao encontrar um anúncio de terapia coletiva no jornal, Cristina decide participar de uma sessão e compartilhar com um grupo de ajuda seus traumas e desilusões. Lá, ela mergulha em um mar de memórias e emoções, lembrando da sua infância.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Sônia
Nome Grupo – Teatro JN
Cidade – São Vicente / SP
SINOPSE:
O Espetáculo “Sônia” conta a história de uma adolescente de 15 anos que mesmo morta, monta o quebra-cabeça de suas memórias e reconstrói os acontecimentos de sua vida. Ela procura a si própria e nesta busca, reinventa cada personagem que passou por sua vida. Reinventa, inclusive, Sônia, que é vivida por vários fragmentos de si própria.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Depois das máquinas
Nome Grupo: Projeto Desafeto
Cidade – Maringá - PR
SINOPSE:
O espetáculo “Depois das máquinas...” é baseado em “Quando as máquinas param” de Plínio Marcos. Através Dança- Teatro, os atuantes se aproximam da dramaturgia, tratam das problemáticas sócio afetivas por meio do livre trânsito entre estéticas, estas que Projeto Des afeto irrompem na cena e colocam em questão a falência dos relacionamentos, associada a instabilidade socioeconômica em uma relação à dois no contexto dasgrandes cidades.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

O sonho de uma flauta
Nome Grupo – Surgiu na Hora
Cidade – Rio de Janeiro - RJ
SINOPSE:
Através do solo narrativo, e técnicas da palhaçaria clássica, sem o auxílio de cenário, se conta a história de um menino que enxergava o mundo de um modo singular. Sua sede de contemplar o belo o levou para longe. Ele viajou o mundo interpretando seus sentimentos através de belas canções, emanando o amor da forma mais bonita, pois ainda não conhecia a dor que poderia lhe trazer. Ingenuidade? E se a ingenuidade fosse uma questão de escolha? Uma nova forma de enxergar o belo, mas não apenas como algo prazeroso, útil e com uma imagem agradável, mas como algo que se necessita conhecer e viver.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

Bertoleza-Uma pequena tragédia musical
Nome Grupo – Gargarejo Cia. Teatral
Cidade – Campinas
SINOPSE:
No palco a história da ascensão do comerciante português João Romão em detrimento do trabalho e vida de sua criada/amante Bertoleza. Uma clara denúncia à degradação do ser humano e de sua moral. Baseado em “O Cortiço” de Aluísio Azevedo, obra essencial para entender os rumos do Naturalismo no Brasil.

Mostra Competitiva - A Partir das 20h20

O Ritual
Nome Grupo – EntreCorpos Companhia de Teatro
Cidade – Rio de Janeiro
SINOPSE:
Busca-se a experiência do espaço cênico teatral como um lugar de vivencia ritualística, profanação, corpos em trânsito. A partir de disso, relacionar a personagem com o arquétipo da Pomba-Gira, figura da cultura afro-brasileira.

Programação

Espetáculo de Rua - 15h

ESPETÁCULO – EXÉRCITO CONTRA NADA
Local: Praça de Esportes San Martin (DAE) - Mãtão

SINOPSE
Quando um palhaço está em apuros ao se preparar para o maior espetáculo da sua vida, o espetáculo torna-se outro. O jogo e os imprevistos são partes essenciais dessa nova aventura, onde o impossível se fará possível e o possível se fará ver. Risos e sorrisos são suas táticas de guerrilha!
O Exército Contra Nada passa despercebido pelas autoridades inimigas. Tem livre acesso à todos os territórios e dessa maneira pode disparar seus gatilhos de gargalhadas e fortes emoções ao público. Um lugar onde tudo pode se tornar realidade. O palhaço transforma! Transforma o problema em diversão. Junta o poder de encontrar ânimo nas adversidades com a capacidade de reagir à elas e viver com prazer. Dessa forma, com quase nada, somos capazes de celebrar nossas diferenças e fazer com que cada encontro seja único e imprevisível.

Performance Artística - 19h

FAÇO, (DES) FAÇO E (RE) FAÇO

Ator: Órion Lalli
SINOPSE
Nessa Residência Performativa o performer busca o ato de “Estar”, que vai de encontro com sua pesquisa científica “(Per)Formar-se” na FCAD - Faculdade de Comunicação Artes e Design e CEUNSP. Um meio de operar com as impossibilidades - Na construção do “erro”. Para que em cima do “erro” o desfaça e prossiga em constante metamorfose. Um processo intenso de cri(ação) colocando-se em investigação: hibridismo de um corpo performático, um corpo (só)cial, no tempo, nos objetos, nos espaços, buscando estar mais perto de uma busca outra: Transformação - Individual/Coletiva. Uma doação do corpo performático, criando uma esfera de troca com o observador. Corpos conectados, criando um circuito artístico de diversas tentativas performativas e investigando a percepção do indivíduo externo a “Residência” para o que é Arte hoje. Elementos “estéticos” que se reúnem na Residência Performativa - FAÇO, (DES) FAÇO E (RE) FAÇO.

Parada Poética - 19h


Poetas: Andeclea Guatieri, Rodrigo e Edimar Antunes.

Poetizar palavras do cotidiano, histórias contadas por pessoas comuns, todas as histórias de amor estarão rodeadas de poesia. As pessoas que transitarem pelo festival poderá trocar suas histórias de amor por um poema. Doação de Livros.

Espetáculo de Encerramento - 20h

ESPETÁCULO – O Lenhador

Ator: Alexandre Zampieri
SINOPSE
O espetáculo aborda a relação do homem perante a natureza e a natureza do homem. Algumas atitudes desse lenhador revelam, por meio da comicidade, a racionalidade e superioridade muitas vezes impensada da condição humana.
O lenhador conta à aventura de um homem que encontra a árvore dos seus sonhos. Disposto a derrubar a maior árvore da sua vida, ele se depara com os obstáculos reais, imaginários e sentimentais. Inspirado nas experiências e estudo sobre o cômico este trabalho é fundamentado na pesquisa sobre a linguagem do palhaço.